LUA CHEIA DE ABRIL: UMA CRUZ SE FORMA NO CÉU DURANTE A PÁSCOA

 

No dia 11 de abril, às 3 horas da madrugada, ocorrerá a Lua Cheia que marca, como em todos os anos, a Semana Santa.

As frequências que emanam a partir da Lua afetam profundamente o campo emocional dos seres humanos, em especial os sentimentos e desejos. A mente humana, sob influência da Lua fica mais suscetível às ondas emocionais, deixando a razão um pouco de lado.

Nos casos extremos, a instabilidade mental gerada pela torrente de emoções pode ser prejudicial à saúde psíquica. Não é à toa que pessoas assim são chamadas lunáticas.

As fases da lua estão relacionadas aos diferentes momentos, intensidades e etapas da energia manifesta no campo emocional humano, seja coletivo ou individual.

QUAL O SIGNIFICADO DA LUA CHEIA?

Resultado de imagem para FULL MOON

A Lua cheia é a fase que representa o pico do ciclo lunar, onde há uma maximização e saturação de energia emocional.

O subconsciente é extremamente afetado pela energia da Lua Cheia e, tudo o que emerge dele, seja positivo ou negativo, tem sua manifestação mais intensa.

Por exemplo, Arnold L. Lieber e Carolyn R. Sherin publicaram um artigo no The American Journal of Psychiatry intitulado “Os Homicídios e os Ciclos Lunares: em direção a uma teoria da influência do ciclo lunar nos distúrbios emocionais humanos” no qual eles demonstram que as estatísticas estudadas num período de 15 anos revelam um significativo aumento dos homicídios durante a Lua Cheia.

Outros autores como Pat Thomas, que realizou um estudo psicológico durante 3 meses numa prisão de segurança máxima, atestou que os incidentes e comportamentos violentos ocorriam em maior número durante a Lua Cheia.

Desde tempos imemoriais, cirurgiões eram aconselhados a não realizar operações durante a Lua Cheia, e encontramos nos registros dos apotecários da Idade Média, estudos associando certas enfermidades – em especial as psíquicas – à fase da Lua Cheia.

Tradicionalmente, a Astrologia considera a Lua Cheia uma fase de culminação de processos.

Basicamente, coisas inciadas durante a Lua Nova atingem o ápice do seu desenvolvimento na Lua Cheia.

Portanto, toda vez que a Lua fica na fase cheia entramos num período de colheita e também de preparação para um período que vem logo a seguir de finalizações.

 

O QUE HÁ DE ESPECIAL NA LUA CHEIA DE ABRIL?

Não é novidade que a Páscoa sempre é presidida pela Lua Cheia, enquanto o carnaval é presidido pela Lua Nova. Isso porque essas festividades foram herdadas dos calendários do Velho Mundo que eram lunares.

Em abril de 2017, a Lua Cheia irá ativar a chamada Cruz-T que vem se formando no céu já faz alguns meses.

Essa Cruz-T é uma configuração formada por 3 aspectos maiores: duas quadraturas e oposição.

No caso, a quadratura entre Urano e Plutão, a quadratura entre Júpiter e Plutão e a oposição entre Júpiter e Urano, como podem observar na figura abaixo, o Mapa Astrológico da momento da Lua Cheia:

 

Nenhum texto alternativo automático disponível.

 

 

Essa configuração astrológica vem se formando no céu desde o final de 2012 e vem acentuando a intolerância, o radicalismo e a busca do fundamentalismo político e religioso como reação às mudanças profundas que estamos atravessando.

Cada configuração astrológica dessas é uma espécie de Portal de Luz que se manifesta num determinado período com o objetivo de levar luz às sombras da humanidade.

Por isso, toda vez que um evento astrológico desses ocorre, fatos e incidentes negativos acabam se manifestando, a fim de que as sombras que eles carregam possam ser lavadas por essa luz entrante.

Isso faz parte do processo evolutivo do nosso planeta que, uma vez preso às leis da Terceira Dimensão, necessita viver suas transformações por meio do contraste, ou seja, dos lados opostos entrando em conflito a fim de que se crie dali algo de consciência superior.

Assim, a Lua Cheia de abril de 2017 com esta Cruz no céu em plena Semana Santa vai reativar esses processos que estamos vivendo desde 2012, cujo objetivo é transformar completamente a sociedade humana e criar uma nova estrutura política, religiosa e social mais ajustada com as energias do despertar da consciência da Era de Aquário.

Por isso, ainda iremos ver as coisas velhas ruírem, mas não sem antes reagirem pesadamente. (Veja o vídeo no final da página)

As sombras, o conjunto da negatividade humana, está na sua última batalha com a luz entrante.

O século XXI ficará conhecido na história pelos conflitos de uma sociedade doente com seu individualismo, insensibilidade, ganância e desconexão com a natureza.

É natural que neste processo, as sombras tornem-se mais robustas e visíveis, assumindo inclusive formas individuais e coletivas, como líderes políticos e religiosos e governos.

Uma das partes dessa Cruz-T, a quadratura entre Urano e Plutão ocorreu no início da década de 1930, quando o mundo foi mergulhado na Grande Depressão Econômica e viu a ascensão de líderes radicais como Hitler, Mussolini, Stalin.

A outra parte da Cruz-T é a quadratura entre Júpiter e Plutão, que ocorre a cada 6-7 anos aproximadamente. A sua última ocorrência foi em 2010 durante a chamada Primavera Árabe, o conjunto de revoltas populares em diferentes países do Oriente Médio e África que levaram à queda de regimes ditatoriais, mas que fizeram surgir outros regimes também opressores.

Um dos produtos da Primavera Árabe foi o surgimento do grupo terrorista Estado Islâmico (ISIS). Ele representa uma parte densa e cruel da sombra da humanidade que veio à tona para ser processada e curada.

Ainda há muita sombra dessas duas épocas reverberando por aí.

Vemos isso nos discursos de ódio às minorias, na radicalização ideológica, no terrorismo, na violência urbana e no fundamentalismo religioso.

Resultado de imagem para neonazism

É essa sombra que estamos processando e curando desde 2012 e, nesta Lua Cheia, viveremos mais uma etapa desse processo doloroso, porém necessário.

A ascensão de Donald Trump e seu projeto protecionista e de discriminação aos imigrantes, o Brexit – a saída da Grâ-Bretanha da União Européia, e a ascensão dos ideais de extrema direita em várias partes do mundo – inclusive aqui no Brasil, são também manifestação da sombra que precisamos eliminar de vez se quisermos evoluir enquanto civilização.

 

COMO A LUA CHEIA E A CRUZ-T INFLUENCIARÃO INDIVIDUALMENTE AS PESSOAS?

Cada indivíduo encarnado neste exato momento da História da humanidade está aqui, tendo ou não consciência disso, para curar e eliminar alguma parcela de sombra da coletividade.

O Mapa Astral de cada pessoa dá indicativos claros da nossa conexão com parcelas específicas do campo de sombra – o lado negro da força!

São campos de distorção como violência, abandono, abuso, traição, humilhação, desvalorização, rejeição e injustiça que estão sendo processados. Cada um de nós está expressando um ou mais deles. Vivemos e refletimos um ou mais deles.

De modo que toda a negatividade que possa estar nos acontecendo neste momento específico tem o propósito único de cura. Por incrível que possa parecer.

Resultado de imagem para spiritual night

Portanto, o Portal de Luz que se abre com a Lua Cheia de abril e a Cruz-T vai trazer à tona, individualmente, situações e pessoas que tenham a ver com um desses campos de sombra.

É uma oportunidade única para que se elimine essa sombra, não num combate aberto com ela, mas praticando a aceitação, abraçando essa parcela de sombra e a integrando à sua luz espiritual individual.

Este é todo o trabalho. É o segredo!

A pratica da autoaceitação, do auto-perdão, da valorização da autoestima e da prática da justiça (e não da sua polaridade oposta, a vingança) é que poderá nos tirar dessas águas negras e tormentosas e nos levar a um Novo Mundo de maior amor e paz.

Não há outro caminho.

Pois se não processarmos essa sombra agora, neste final de ciclo, carregaremos para a Era de Aquário uma energia densa que porá em risco o futuro da humanidade.

Neste vídeo você fica sabendo mais sobre as implicações e efeitos da Lua Cheia de abril de 2017:

 

Se você gostou deste artigo, compartilhe-o nas suas redes sociais e, para receber as novidades do site, deixe seu email na caixa logo abaixo:

 

Gostou deste artigo? Então, deixe um comentário or inscreva-se RSS feed para receber as novidades do site

Carlos Harmitt

Astrólogo e pesquisador do Pensamento Sistêmico e das Constelações Sistêmicas.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInPinterestYouTube

4 thoughts on “LUA CHEIA DE ABRIL: UMA CRUZ SE FORMA NO CÉU DURANTE A PÁSCOA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *